domingo, 2 de novembro de 2014

UCAPROF participa de palestra do GECAP sobre atuação das ONGs na causa animal

A presidenta da UCAPROF Ana Teresa Merbach com a Promotora de Justiça  Dra. Vânia Tuglio (Atibaia, SP)

Representando Cabreúva, os dirigentes da União Cabreuvana Protetora da Fauna e Flora (UCAPROF) participaram da palestra “Atuação das ONGs e protetores independentes junto aos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público”, proferida pela Promotora de Justiça Dra. Vânia Tuglio, membro do Grupo Especial de Combate aos Crimes Ambientais e de Parcelamento Irregular do Solo (GECAP), do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Organizado pela Câmara Municipal de Atibaia (SP), o evento aconteceu na quarta-feira (29/10), no plenário da Câmara, às 19h30, com o apoio da Comissão Permanente de Bem-Estar Animal, da Associação Ajudaajudar e da Organização pela Libertação Animal de Atibaia (OPLA). Compareceram vereadores, ativistas pelos direitos e proteção dos animais, ONGs e o público em geral.

A Promotora de Justiça, Dra. Vânia Tuglio, falou sobre a tríplice responsabilidade ambiental, ou seja, a tríplice punição concomitante ao infrator nas esferas administrativa, civil e penal, além de abordar poderosos instrumentos legais com os quais as organizações não governamentais podem acionar os poderes públicos e o Ministério Público na defesa e proteção dos animais e do meio ambiente.



A UCAPROF esclarece que:

APENAS RESGATA animais doentes e feridos abandonados de acordo com a disponibilidade de vagas e recursos;

NÃO RECOLHE filhotes de cães e gatos abandonados, pois não dispõe de recursos e local para abrigá-los adequadamente!

NÃO RECOLHE animais sadios das ruas nem de pessoas que querem, simplesmente, se livrar deles;

REPUDIA o abandono de animais!

PRATICA a proteção e defesa animal com Amor, Ética, Responsabilidade e Conhecimento!

Para saber mais sobre proteção animal responsável, leia o texto “Ativismo Animal”, acessando http://www.anda.jor.br/06/11/2013/ativismo-animal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário